A resposta do ser humano ao Evangelho

(Mt 11.25-30; 28.18-20; Lc 9.23; 14.27,33; Jo 1.12-13; 6.44; 15.16; Rm 8.28-30; 9.1-24; Ef 1.3-14; 2.1-10; Tg 2.14-26)

A resposta do ser humano ao Evangelho depende da eleição livre e incondicional de Deus para o louvor da sua glória. É verdade também que a mensagem do Evangelho só torna-se eficaz para aqueles que verdadeiramente arrependem-se dos seus pecados e, pela graça de Deus, depositam sua fé em Cristo. O Evangelho da graça deve ser pregado sinceramente a todas as pessoas de todas as nações. O arrependimento bíblico é caracterizado por uma mudança de vida e a fé salvífica é evidenciada pelas obras e pelo serviço do Reino de Deus. Ninguém pode ser salvo pelo seu arrependimento ou pelas suas boas obras. Porém, a não ser que alguém esteja disposto a negar a si mesmo, tomar a sua cruz e seguir a Jesus, tal pessoa não pode ser um discípulo de Cristo.